Slots 777

‘Trocados’, filme mais visto da Netflix, é uma comédia de Natal com boas atuações e receita batida

Longa com Hed Helms e Jennifer Garner repete fórmula de ‘Sexta-Feira Muito Louca’ e ‘Se Eu Fosse Você', com troca de corpos entre os personagens. Filme é o mais assistido atualmente no serviço de streaming; conheça

PUBLICIDADE

PorAndré Carlos Zorzi
2min de leitura

O filme Trocados chegou ao primeiro lugar do Top 10 de mais assistidos da Netflix no Brasil nos últimos dias com uma premissa já bastante conhecida do público: a troca de corpos entre personagens. Após um desentendimento no momento em que observavam um raro alinhamento planetário, o pai da família, Bill (Ed Helms) se torna o filho, Wyatt (Brady Noon), a mãe, Jess (Jennifer Garner) vira a filha, CC (Emma Myers), e vice-versa.

A fórmula rendeu alguns filmes de sucesso, como Sexta-Feira Muito Louca (2003), com Lindsay Lohan e Jamie Lee Curtis, o brasileiro Se Eu Fosse Você (2006), com Tony Ramos e Gloria Pires, e Se Eu Fosse A Minha Mãe (1976).

(Atenção: os comentários a seguir podem conter spoilers!)

Desta vez, porém, o resultado soou clichê.Trocados é um daqueles filmes em que você sabe exatamente o que vai acontecer. O longa aborda o sonho de sucesso no trabalho, no amor, na vida esportiva e na musical.

Primeiro, há a apresentação, explicando o que cada um almeja e o conflito entre os personagens. Depois, já com os corpos trocados, tudo começa a dar errado, em tom de desastre. Por ser uma comédia de fim de ano, já era esperado que o desfecho fosse num tom ‘para cima’, mas havia possibilidades melhores de desenvolver a história.

Ed Helms, Emma Myers, Brady Noon, Jennifer Garner e o diretor McG na premiere de 'Trocados' em 29 de novembro de 2023. Foto:Mario Anzuoni/Reuters

Continua após a publicidade

Trocadosvale a pena para dar algumas risadas - especialmente nas cenas que envolvem o bebê e o cãozinho da família (que também passam pela transformação) sob os cuidados do vizinho Rolf (Matthias Schweighöfer), mas também conta com cenas de humor escatológico desnecessárias.

Falando em coisas dispensáveis, a temática de Natal também parece muito pouco abordada. A impressão que se tem é a de que o período do ano foi incluído apenas pelo fato de o filme ser lançado em dezembro, mas praticamente a história toda poderia ser feita sem grandes alterações em qualquer época do ano.

O quarteto principal faz um bom trabalho - o público fica convencido da troca de papéis. Mas em muitos momentos fica a sensação de que o resultado final poderia ser trocado - para melhor.

Trocados está disponível para assistir na Netflix.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Slots 777.

Notícias em alta |Cultura






Veja mais em cultura
Slots 777 Mapa do site