betfair

PUBLICIDADE

Rei Charles III é coroado e promete servir os britânicos; veja os principais momentos da cerimônia

Cerimônia que consagrou simbolicamente a passagem de cargo da família real contou com a presença de mais de 2 mil pessoas

Foto do author Redação
PorRedação
Atualização:

A manhã deste sábado, 6, marcou o início de um novo ciclo no Reino Unido. Sob a presença de mais de 2 mil convidados, o rei Charles III e a rainha consorte Camilla foram coroados em uma cerimônia realizada na Abadia de Westminster, em Londres, quase oito meses após a morte da rainha Elizabeth II. Veja como foi a cerimônia na cobertura ao vivo do betfair.

Essa foi a primeira coroação da Grã-Bretanha em 70 anos. Charles tornou-se rei logo após a morte se sua mãe, em setembro, mas a cerimônia de coroação realizada neste sábado finalmente simbolizou a passagem de cargo da família real britânica. Ainda que o evento tenha sido marcado pelas pompas tradicionais, a cerimônia foi considerada mais enxuta e representativa do que às anteriores. Confira, abaixo, os principais momentos da celebração.

Procissão

PUBLICIDADE

Perto das 10h30min no horário local (6h30min no horário de Brasília), o rei Charles IIIe a rainha consorte Camilla saíram em procissão no Palácio de Buckingham para sua coroação na Abadia de Westminster. O casal deixou o palácio na carruagem do Jubileu de Diamante, fabricada em 2012 para marcar os 60 anos de reinado de Elizabeth II.

Vestidos com suas respectivas túnicas de estado, o rei e a rainha foram escoltados pela Escolta do Soberano, composta por cerca de 160 soldados a cavalo. A Banda Montada de Cavalaria Doméstica liderou o cortejo militar. O hino nacional foi executado durante o percurso, que passou pelo Arco do Almirantado e pela Trafalgar Square em direção à abadia.

O rei Charles III e a rainha consorte Camilla iniciaram sua jornada na 'Procissão do Rei', fazendo o trajeto de dois quilômetros do Palácio de Buckingham à Abadia de Westminster. Foto:Oli SCARFF / AFP

Chegada

Sob chuva, a carruagem chegou à Abadia de Westminster, após a curta procissão. Charles e Camilla saíram do veículo após os sinos da catedral anunciarem a sua chegada. A coroa real foi levada para dentro da abadia, e o rei entrou na catedral em meio a um hino religioso.

O casal entrou na abadia ao som do hino de coroação centenária I was glad, escrito por Hubert Parry para a coroação do rei Edward VII em 1902 e cantado em todas as coroações desde então.

No início do culto na Abadia de Westminster, uma criança se aproximou de Charles III e disse: “Sua Majestade, como filhos do reino de Deus, damos as boas-vindas a você em nome do Rei dos reis”. Charles respondeu: “Em seu nome e seguindo seu exemplo, não venho para ser servido, mas para servir”.

Publicidade

Justin Welby, arcebispo de Canterbury, deu as boas-vindas e iniciou o culto. Em sequência, foi cantada uma canção em galês. Como príncipe de Gales, Charles aprendeu a língua na juventude. Ao fim da canção, o arcebispo de Canterbury disse as famosas palavras: “Deus salve o rei Charles”

Juramento

Perante o arcebispo de Canterbury, orei Charles III fez juramento no qual prometeu manter as leis e governar os povos do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte e da Commonwealth, de acordo com a legislação britânica.

“Eu, Charles, solene e sinceramente na presença de Deus, professo, testifico e declaro que sou um fiel protestante e que irei, de acordo com a verdadeira intenção das leis que garantem a sucessão protestante ao trono, defender e manter as referidas promulgações com o melhor de meus poderes de acordo com a lei.”

Assim, Charles jurou defender a Igreja da Inglaterra e garantir que todos os soberanos, incluindo ele, sejam e sempre serão protestantes. O rei fez o juramento sobre a Bíblia da Coroação. A Bíblia foi apresentada por Iain Greenshields, moderador da assembleia-geral da Igreja da Escócia, que define as palavras de Deus – a Bíblia – como a “lei real” para governar.

PUBLICIDADE

A apresentação da Bíblia remonta à coroação conjunta de Guilherme III e Maria II em 1689, com o envolvimento do moderador a partir de 1953, segundo a liturgia da Igreja da Inglaterra.

Antes de fazer o juramento, Charles concordou com suas condições, incluindo a promoção de “um ambiente no qual pessoas de todas as fés e crenças possam viver livremente”. Após seu juramento, o rei Charles III se ajoelhou diante do altar e fez uma oração, dizendo:

“Deus de compaixão e misericórdia, cujo Filho não foi enviado para ser servido, mas para servir, dá-me graça para que eu possa encontrar em teu serviço a liberdade perfeita, e nessa liberdade o conhecimento da tua verdade. Concede que eu seja uma bênção para todos os teus filhos, de todas as fés e crenças, para que juntos possamos descobrir os caminhos da gentileza e sermos conduzidos pelos caminhos da paz; por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Publicidade

Durante a cerimônia de coroação, o rei Charles III coloca a mão sobre a Bíblia e faz o juramento Foto:Yui Mok, Pool via AP

Unção

Momento considerado mais sagrado e o mais misterioso da cerimônia, a unção ocorreu perto das 11h45 no horário local. Charles e Camilla foram ungidos com óleo sagrado que foi consagrado na Igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém, feito com azeitonas colhidas no Monte das Oliveiras. O arcebispo usou uma colher de prata, datada de 1349, para realizar a unção.

Essa foi a única seção que ocorreu longe das multidões e das câmeras e dos fotógrafos, com o auxílio de uma proteção de tapeçaria em plena abadia. A unção foi feita sob o canto do coro: “Que o Rei viva para sempre! Aleluia! Amém!”

Momento da unção do rei Charles é protegido por telas. Essa é considerada a parte mais sagrada e mais misteriosa da cerimônia de coroação Foto:Jonathan Brady/Pool Photo via AP

Coroação

Ao final da cerimônia de investidura, Charles III é coroado rei do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. Pela primeira vez em sete décadas, um novo monarca britânico foi formalmente coroado. O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, colocou a coroa de St. Edward na cabeça de Charles III, a parte mais significativa do serviço de coroação.

A coroa foi feita para Charles II, em 1667. Saiba aqui quem foram os outros reis Charles do Reino Unido, com reinados marcados por tumultos políticos, amantes e execuções.

Logo após a coroação, William, príncipe de Gales e herdeiro do trono, jurou lealdade ao monarca. Em seguida, os britânicos em todo país foram convidados a fazer o mesmo. “Eu, William, príncipe de Gales, prometo minha lealdade a você, e fé e verdade lhe darei, como seu suserano de vida e membros. Então, Deus me ajude.”

O rei Charles III é coroado com a Coroa de Santo Eduardo pelo Arcebispo de Canterbury, o reverendíssimo Justin Welby.  Foto:Victoria Jones/Pool via REUTERS

Logo após, foi feita a cerimônia da coroação de Camilla, que é um pouco diferente da do rei. Ela foi ungida com óleo sagrado pelo arcebispo de Canterbury, mas diante de todos.

O Guardião da Casa das Joias a entregou o anel do consorte, que simboliza promessa e compromisso, “casando-a” com o rei e com Deus e seu povo. Em seguida, ela recebeu o cetro, o orbe e a coroa da rainha Mary, bisavó de Charles III, e foi finalmente entronizada.

Publicidade

O Retorno

Após a cerimônia de coroação, o rei Charles III e a rainha Camilla deixaram a Abadia de Westminster em uma procissão acompanha por 4 mil soldados e 19 bandas militares. Membros da família real, incluindo o príncipe William e sua mulher, Catherine, princesa de Gales, seguiram também em carruagens atrás do monarca como parte da procissão.

A procissão segue até o Palácio de Buckingham onde as forças armadas farão uma saudação real a Charles do jardim. O rei e a rainha aparecerão na varanda do palácio com outros membros da família real para saudar o público. Haverá ainda um voo cerimonial de seis minutos com 60 aeronaves, incluindo a equipe de exibição acrobática da Royal Air Force, os Red Arrows, que deve sobrevoar o Palácio de Buckingham.

O casal viajou na Carruagem de Outro do Estado, usado pela primeira vez por George III em 1762. Muito mais desconfortável, esta carruagem pesa quatro toneladas puxadas por oito cavalos Windsor Greys, em ritmo de caminhada.


A Saudação

Orei Charles III e a rainha Camilla apareceram na sacada do Palácio de Buckingham e saudaram os súditos. Eles estão acompanhados do príncipe de Gales, William, e seus filhos e a princesa de Gales, Kate, além dos irmãos do rei: Edward e Anne. Nem o príncipe Harry nem o príncipe Andrew estão na sacada.

Em seguida, eles assistiram ao sobrevovo da Real Força Aérea sobre o Palácio.

O Ministério da Defesa do Reino Unido explicou que o sobrevoo militar sobre o Palácio de Buckingham foi reduzido por causa do tempo úmido. O plano original era que mais de 60 aeronaves da Marinha Real, do Exército Britânico e da Força Aérea Real realizassem uma exibição colorida no ar depois que Charles, a rainha Camilla e outros membros importantes da família real apareceram na sacada do palácio para cumprimentar os súdidos. O sobrevoo foi formado pelos Red Arrows, a equipe acrobática da Royal Air Force e helicópteros. A exibição durou 2 minutos e 30 segundos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do betfair.

betfair Mapa do site